quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Ariel deixa uma mensagem pra você

Um oitavo de um oitavo!

O Rabino Moshe era muito modesto e humilde, famoso por sua auto-anulação. Seus chassidim, que se vangloriavam por tê-lo como líder, desejavam que ele se afirmasse mais, como é adequado a alguém que ocupava essa posição."Rebe" - diziam eles -, "no tratado de Sotá está estabelecido que um sábio da Torá deve ter um oitavo de oitavo de orgulho. Onde, portanto, está seu orgulho, rebe?"o rabino respondia: "Vocês estão enganados. Os sábios referiam exatamente ao oposto do que vocês pensam. Orgulho, sob quaisquer circunstâncias, é uma característica negativa, e um estudante da Torá deve ter isso sempre em mente, pois deve lembrar do que está escrito no oitavo versículo da oitava parashat - Vayishlach. Jacob, o patriarca, diz: "Não sou digo da menor de todas as misericórdias ..." Isso é orgulho ou humildade?"

Um comentário:

josedivino disse...

que lindinho